O esporte de neve no asfalto: saiba mais sobre o Rollerski

rollerski

Os esportes de neve requerem muito treinamento dos atletas, infraestrutura adequada e condições climáticas favoráveis para a sua prática. Assim, os esportes de neve são condicionados a fatores que muitas vezes dependem da época do ano para serem praticados.

Para treinarem ou até mesmo competirem na falta de neve, a solução de muitos atletas está no asfalto. É isso mesmo que você leu!

Um esporte popular em alguns países da Europa, e muito utilizada no treinamento de jovens atletas no Brasil, o Rollerski, também conhecido como “ski de rodinhas”, é a grande alternativa para treinar fora da neve. Saiba mais sobre esse esporte a seguir!

Benefícios do Rollerski para a saúde

Proporcionando uma atividade física que pode usar até 90% dos músculos para ser executada, o Rollerski simula o Ski Cross Country e proporciona diversos benefícios aos seus praticantes.

Entre esses benefícios estão: trabalho abdominal, aprimoramento do equilíbrio, aumento da capacidade aeróbia, alta ativação de membros superiores e inferiores e um alto gasto calórico durante sua prática.

Assim, os atletas podem se preparar para as temporadas de competição mesmo com a ausência de neve, e os praticantes que querem apenas melhorar seu condicionamento físico encontrarão no Rollerski uma excelente opção.

Preparo e treino de atletas brasileiros

As condições climáticas do Brasil, um país tropical, dificultam a realização de esportes de neve no território nacional.

O Rollerski se torna uma grande alternativa tanto para o início de treinamento de jovens atletas no Brasil, quanto para o treinamento de atletas veteranos que buscam manter o alto nível de performance.

É o exemplo de Victor Santos, que representou o Brasil nos Jogos Olímpicos de Inverno em 2018 e atualmente é o campeão brasileiro de Rollerski, de Manex Silva, que conquista grandes resultados na Europa e é atualmente o campeão sub-20 de Rollerski na Espanha, e de Cristian Ribera, vencedor das últimas competições brasileiras de Rollerski e atual 3º colocado do ranking mundial de Para Cross Country na categoria Sitting.

Para impulsionar o desenvolvimento, a CBDN – Confederação Brasileira de Desportos na Neve realiza desde 2014 o Circuito Brasileiro de Rollerski, que conta com a participação de muitos atletas e paratletas brasileiros e estrangeiros.

Dessa forma, o Rollerski é um grande aliado dos atletas brasileiros, que podem se preparar antes do começo das temporadas de competições oficiais na neve mesmo sem neve.

Inclusão Social

O projeto Ski na Rua, que conta com o apoio da CBDN, apresenta o Ski Cross Country a crianças, adolescentes e jovens de baixa renda, moradores da São Remo, comunidade na zona oeste de São Paulo.

Fundado em 2012 pelo atleta Olímpico Leandro Ribela, o Ski na Rua atende aproximadamente 100 jovens entre 6 e 21 anos, com diferentes atividades culturais e educacionais que envolvem sessões de exercícios físicos, Rollerski e atividades complementares.

Gostou de conhecer mais sobre o Rollerski e seu desenvolvimento no Brasil? Saiba mais no nosso site!

X