O impacto dos projetos sociais na Sustentabilidade

projetos sociais Sustentabilidade
O projeto social Ski na Rua.

Quando se fala sobre o que é ser sustentável, muitos associam somente à preservação do meio ambiente. Porém, existem outras maneiras de criar um ambiente de sustentabilidade, como em diversos projetos sociais ligados ao esporte.

O que é sustentabilidade?

Basicamente, sustentabilidade significa fazer o uso consciente dos recursos que se tem em busca de manter um bom futuro para os que vem depois. O principal objetivo dessas ações é equilibrar o desenvolvimento, nesse caso esportivo, juntamente a preservação.

Nos esportes de inverno, ser sustentável não é apenas uma boa prática, é na verdade imprescindível para que ele siga existindo.

Por conta disso, as grandes corporações estão sempre se mexendo para manter o ambiente de neve sustentável. Porém, não só eles se preocupam com isso.

Os inúmeros projetos sociais que levam o esporte para crianças e jovens também se preocupam, e muito, com a sustentabilidade.

Como os projetos sociais fazem um esporte mais sustentável?

Assim como em outros esportes, existem diversos projetos sociais que trabalham no desenvolvimento de atletas para os esportes de inverno.

Um exemplo muito interessante é o do atleta indiano Shiva Keshavan. Ele foi o primeiro a representar o país nos Jogos Olímpicos de Inverno aos 16 anos, sendo também o mais jovem de toda a história. Isso aconteceu na edição de Nagano (1998).

Com 6 Olimpíadas no currículo e diversas medalhas nos Jogos Asiáticos de Inverno, ele atualmente busca fomentar a prática do seu esporte através de diversos projetos sociais em seu país natal. Ajudando no desenvolvimento sustentável dos esportes de inverno e também na descentralização da modalidade.

Ski na Rua

No Brasil, o projeto referência em desenvolvimento sustentável no esporte é o Ski na Rua.

A Associação Ski na Rua é uma associação sem fins lucrativos criada pelo atleta olímpico Leandro Ribela, do Ski Cross Country, que desenvolve um projeto esportivo educacional com jovens em situação de alta vulnerabilidade na comunidade de São Remo, Zona Oeste de São Paulo.

Fundado em 2012, o projeto já atendeu mais de 600 crianças e adolescentes, tendo atualmente, 85 jovens participando regularmente de suas atividades. A ideia principal do Ski na Rua é formar cidadãos através do esporte. Para isso, o projeto apresenta a crianças, adolescentes e jovens o Ski Cross Country através do Rollerski, e a partir das atividades desenvolvidas, fazer com que a modalidade se torne uma possibilidade de prática de esporte consequentemente melhorando a qualidade de vida desses jovens.

Dessa maneira, o projeto fomenta o desenvolvimento sustentável e traz oportunidades para centenas de jovens.

Leia também:

Conheça os resorts de Pucón, no Chile!

Veja 3 resorts de neve sustentáveis para visitar na próxima temporada!