A história do Ski Alpino

ski alpino

O Ski Alpino é um dos mais tradicionais esportes de neve e mais praticados no mundo todo, atraindo novos praticantes e velhos entusiastas para as montanhas e ski resorts durante o ano todo.

Mas, você sabe qual a história do Ski Alpino até chegar aos dias de hoje? Todo esporte tem uma origem, e para essa grande modalidade não é diferente!

Confira a seguir a linha do tempo histórica que preparamos sobre o Ski Alpino até os dias de hoje no nosso país!

A História do Ski Alpino

  • Sobrevivência (7000 A.C) – A criação do esporte está intimamente conectada com a história do esqui em si, cujos vestígios encontrados na Rússia apontam seu surgimento entre 8000 e 7000 A.C, usados principalmente para transporte e caça na neve.
  • Nasce um Esporte (séc. XIX) – Os esquis começaram a serem usados para atividades esportivas, tendo suas primeiras competições na Noruega, na década de 1840.
  • O primeiro Slalom (1922) – A primeira competição de Slalom, prova tradicional do Ski Alpino, foi organizada em 1922 por Sir Arnold Lunn em Mürren (Suíça).
  • Surgimento da FIS (1924) – A criação da Federação Internacional de Ski (FIS) aconteceu em 1924, que estabeleceu as principais competições da modalidade. A partir daí o Ski Alpino ganhou reconhecimento e se desenvolveu rapidamente, conquistando mais praticantes pelo mundo.
  • O primeiro Campeonato Mundial (1931) – O primeiro Campeonato Mundial de Ski Alpino foi realizado em 1931, em Mürren (Suíça), e contou com provas do masculino e feminino de Slalom e Downhill.
  • Olimpíadas (1936) – A modalidade foi inclusa ao programa olímpico em 1936, nos Jogos Olímpicos realizados em Garmisch-Partenkirchen (Alemanha).
  • Ski na América do Sul (1966) – Em 1966, o Campeonato Mundial de Ski Alpino foi disputado em Portillo (Chile), se tornando a primeira e única edição de Mundiais a ser disputada na América do Sul.
    Mesmo com as tempestades de 1965, o resort Portillo e o governo chileno reconstruíram toda a infraestrutura necessária para que o local sediasse a competição a tempo.
  • Estreia Brasileira (1966) – O Campeonato Mundial em Portillo também marcou a estreia do Brasil em competições oficiais de Ski Alpino. Na ocasião, a equipe brasileira chefiada por Domingos Giobbi era formada era formada pelos atletas Francisco e Luigi Giobbi, Michael Reis de Carvalho e Sergio Hamburger.
  • Brasil na Neve (1986) – O primeiro Campeonato Brasileiro de Ski Alpino foi realizado em 1986, em Termas de Chillan (Chile). Desde então, foram realizados 34 edições da competição.
  • Fundação da ABS (1989) – A Fundação da Associação Brasileira de Ski pelo CAP – Clube Alpino Paulista, CPS – Clube Paranaense de Ski e CSSP – Clube de Ski de São Paulo, sob a liderança de Domingos Giobbi, aconteceu em 1989. Foi a organização que se filiou à FIS e ao COB para representar e organizar o desenvolvimento do Ski Alpino no Brasil. A organização foi sucedida pela CBDN na gestão dos esportes de Neve no Brasil.
  • Brasil Olímpico (1992) – O Brasil participou pela primeira vez dos Jogos Olímpicos de inverno, em Albertvile (França), com uma delegação formada por 7 atletas, seis do masculino e uma do feminino.
  • E o Futuro Continua (2018) – O futuro do Brasil na modalidade continua, com o surgimento de novos grandes atletas que representam o país na neve.
    Nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018, disputados em PyeongChang (China), o Brasil teve sua 10ª participação no Ski Alpino em Jogos Olímpicos.
    Na ocasião, Michel Macedo, grande nome brasileiro da modalidade, representou o país.
X