Quanto custa viajar para o Vale Nevado?

Créditos: Divulgação/Site

O Vale Nevado é um dos principais resorts de neve da América do Sul, sendo assim uma das primeiras opções para a prática dos esportes na neve no continente.

A apenas 60km de distância da capital chilena de Santiago, o Vale Nevado conta com mais de 30 pistas de ski para diferentes níveis técnicos, boa infraestrutura nos meios de elevação (cadeirinhas, gôndolas, etc) e outras atividades na neve para seus visitantes.

Quanto custa viajar para o Vale Nevado?

O resort conta com 3 hotéis diferentes: o Hotel Valle Nevado, o Hotel Puerta del Sol e o Hotel Tres Puntas. Todos ski-in e ski-out, localizados próximos entre si. O preço da hospedagem varia entre as três opções do resort, sendo a mais cara o Hotel Valle Nevado, localizado aos pés das pistas, e tem preços a partir de US$546  por dia por pessoa (aproximadamente R$2.602), e a opção mais barata o Hotel Tres Puntas, com hospedagens a partir de US$270 , uma diária para uma pessoa (aproximadamente R$1.292).

Créditos: Divulgação/Site

Além disso, o complexo imobiliário do Valle Nevado conta com diversos prédios de apartamentos, que são uma ótima opção para quem viaja com um grupo e quer ter áreas de convívio para a galera. Os preços variam entre 200 mil pesos chilenos e 400 mil pesos chilenos por noite nos distintos prédios dentro do complexo.

Outra modalidade disponível é a de ingressos diários, onde o visitante pode aproveitar um dia nas pistas e em outras atividades dentro do resort. O ticket para adultos (de 25 a 64 anos) por um dia inteiro é de 57 mil pesos chilenos (R$328), com preços especiais para outras faixas etárias.

O Vale Nevado conta também com a Escola de Ski e Snowboard, referência sul-americana no ensino destas modalidades. Com aulas que variam entre 4 níveis de experiência diferentes, a Escola atende desde iniciantes até praticantes mais experientes. As aulas individuais custam a partir de 68 mil pesos chilenos (R$393 ) e as aulas coletivas (com no mínimo 4 adultos e 2 horas de aula) partem de um preço de 46 mil pesos chilenos (R$265) por pessoa. Além das aulas, o resort também oferece o aluguel de equipamentos para a prática esportiva, com kits de adultos a partir de 18.5 mil pesos chilenos (R$106).

Pessoas esquiando no Vale Nevado
Créditos: Divulgação/Site

Dicas pós-pandemia

É importante ressaltar que, apesar do Chile não exigir mais certificados de vacinação ou testes negativos de COVID-19, é obrigatório que o viajante tenha um seguro viagem que cubra a doença viral.

Assim, o seguro viagem, que já era importante ter cobertura específica para a prática de ski e snowboard, precisa, pelo menos por enquanto, cobrir expressamente gastos com COVID.

A CBDN – Confederação Brasileira de Desportos na Neve fez um aprofundado estudo desse mercado. São poucas as opções que cobrem ski e snowboard, e ainda menos que combinam a cobertura de Covid. Conheça a parceria da CBDN com a Coris Seguros e acesse o seguro escolhido pela CBDN para à prática de esportes de neve.

Confira mais sobre o Vale Nevado!